11 dicas de gerenciamento de qualidade!

11 dicas de gerenciamento de qualidade!

O gerenciamento de qualidade é a garantia do sucesso. Não importa qual seja seu ramo ou tamanho, sem que você consiga se organizar de modo efetivo para estruturar um gerenciamento de qualidade em seu negócio, tudo sempre estará fadado a fracassar em algum ponto do futuro.

E não é exagero. Sem isso, é impossível garantir a qualidade contínua e repetitiva das tarefas envolvidas em todo o processo, tudo é relevante e tem uma razão de ser, portanto, deve ser enxergado como parte importante desse mecanismo.

Melhor ainda, cada tarefa realizada precisa ser medida e enxergada em seus pontos fortes e fracos, entender onde deve haver melhorias e, principalmente, o quanto uma falha em outro ponto do processo pode até ser culpa dessa etapa.

Talvez seja um erro estrutural, talvez da equipe, não importa. O gerenciamento de qualidade conseguirá identificar e permitir a correção. Uma evolução que não para, já que está sempre com as informações necessárias para melhorar.

Qual a importância do gerenciamento de qualidade?

Um gerenciamento de qualidade mantém a empresa sob o escopo de quem precisa entender o retrato completo e não apenas uma parte do processo. Imagine que cada equipe ou etapa seja uma engrenagem. Sem ninguém enxergando o relógio inteiro, muito provavelmente uma pequena falha pode se tornar um tsunami em pouco tempo.

O gerenciamento permite esse olhar ampliado, mas não sem entender o funcionamento de cada dessas pecinhas que fazem o relógio funcionar. O ponto principal disso é, justamente, minimizar qualquer risco. Quando um detalhe é identificado com tempo de sobra para ser ajustado, fica muito mais fácil corrigir qualquer que seja o problema antes dele colocar em risco toda cadeia de produção.

Esse conhecimento geral ainda gera economia, já que passa a existir um uso inteligente de recursos. Quanto melhor o conhecimento de gastos, sobras e a eficácia conseguindo ser medida, mais fácil de identificar desperdícios e realinhar isso para que haja economia.

Mas isso tudo só funciona se você conseguir aplicar esse gerenciamento de qualidade de modo eficiente em sua empresa. Confira então 11 dicas que farão isso ser possível.

Vamos às dicas de gerenciamento de qualidade

  1. Se você trabalha com matéria prima, nunca deixe de verificar a procedência desse material. Não adianta nada começar um processo que visa a qualidade com o primeiro ponto da cadeia já sendo prejudicado.
  2. Adote o mesmo princípio para seus fornecedores. Confiança não basta, é preciso ir além e ter certeza de que a qualidade já existe antes dela entrar no seu processo de fabricação, seja de um produto ou serviço.
  3. Organização e qualidade só acontecem com ordem, portanto, cada etapa, local ou equipe de sua empresa precisa estar sempre limpa e ordenada. Bagunça sempre atrapalha a qualidade.
  4. Todo mundo envolvido, cada equipe e cada funcionário, deve entender que é parte importante do processo de qualidade. Quanto mais eles entenderem sua importância e sua função, mais estarão focados somente nos bons resultados daquela ação.
  5. Treinamento é tudo. Se você quer que seus funcionários e equipes façam algo perfeito e do jeito que você acha que seja o melhor jeito a ser feito, não deixe espaço para improvisos.
  6. Feedback pode ser o seu “Norte”. Faça pesquisas, pense em seu produto ou serviço através da lente do cliente, busque entender o que cada setor ou etapa influencia no que o cliente está dizendo.
  7. Meça. Mas meça muito. Para você avaliar um desempenho e entender garantir a qualidade, é preciso ter informações concretas e dados para serem comparados.
  8. Quanto maior o controle, maior a possibilidade de identificar falhas antes delas se alastrarem, portanto, corrija as falhas que encontrar e faça disso prioridade.
  9. Se você quer ter um lucro maior, demonstre sua qualidade. O valor agregado do reconhecimento pela qualidade é sempre importante para você valorizar seu produto ou serviço. Mas não se esqueça que com isso suas responsabilidades aumentam também.
  10. Não deixe nunca de melhorar, evolua, cria uma estratégia onde as falhas não serão repetidas e as possibilidades de melhor serão sempre uma solução final.
  11. Procure normas internacionais e certificações públicas para ilustrar seu produto ou serviço. Crie um reconhecimento oficializado e chame mais a atenção de seus clientes.

Leave A Response

* Denotes Required Field