Como fazer um benchmarking eficiente para seu negócio!

Como fazer um benchmarking eficiente para seu negócio!

Se você não sabe o que é benchmarking, tudo bem. Mas, com certeza, depois que souber, não conseguirá mais deixar de pensar na importância dessa ferramenta que promete eficiência, economia e, principalmente, sucesso no mercado.

Resumindo, benchmarking vem do termo em inglês “benchmark”, que em português é algo como “referência”. E é isso aí mesmo, benchmarking é procurar referências e comparações. Se você não é o único no mercado, não precisa ficar sozinho sem entender o que está acontecendo com as pessoas ao seu redor.

Esse tipo de planejamento conta com a possibilidade de entender e fazer uma pesquisa profunda sobre como seus concorrentes estão lidando com a mesma fatia do mercado. E mais importante: como eles estão tratando seus clientes e como esses clientes estão lidando com tudo isso.

O que é benchmarking e como fazer?

Além de entender como seus concorrentes estão trabalhando, o benchmarking ainda motiva as empresas a pensarem além das barreiras. Enquanto você está estudando e entendendo suas concorrentes, está buscando jeitos de melhorar.

O aperfeiçoamento de sua eficiência vem com essa ideia de entender quais caminhos do mercado e estar sempre preparado para seguir esse rumo.

E não entenda nunca isso como uma imitação, mas como inspiração. Se você não enxerga o que as empresas estão fazendo de correto, talvez não seja capaz de perceber o que você está fazendo de errado. Pior ainda, não perceberá seus acertos.

Você só conseguirá entender que está no caminho correto quando ver que está fazendo algo diferenciado. Identificar que está conseguindo algo diferente de seus concorrentes só é possível se você for capaz de analisar o que a concorrência está fazendo. E isso o benchmarking faz muito bem.

Por fim, não ache que benchmarking é uma ferramenta complexa, é bem mais normal do que parece. Sabe aquela loja do mesmo ramo da sua que um dia você viu uma fila gigante na porta e tentou entender o que estava acontecendo? Pronto, você estava fazendo benchmarking.

Benchmarking funcional e outros tipos!

Mas não existe apenas um tipo de benchmarking, as opções são enormes e diversas. No benchmarking funcional, por exemplo, você compara os processos de trabalho entre sua empresa e as outras. E você faz isso mesmo olhando para segmentos diferentes, afinal, muita coisa funciona em tudo quanto é lugar.

Por outro lado, ultrapassado a concorrência, o Benchmarking de Cooperação é uma possibilidade de parceria com diversas empresas compartilham as informações de dados que compõe os processos. É normal ainda grandes empresas “abrirem as portas” para iniciantes e servindo quase como mentora.

Porém, a ideia pode ser menos pacífica e o Benchmarking Competitivo é um formato com a empresa se aprofunda de uma concorrência e cria um planejamento que visa superar esses resultados obtidos.

Enfim ainda existe o Benchmarking Interno, uma possibilidade que adota um planejamento que tenta enxergar a própria empresa em relação com filiais ou até mais internamente, através da comparação com departamentos e equipes.

Não importa o tipo de benchmarking, quando você consegue comparar resultados, deixa tudo muito mais transparente e fácil de criar um planejamento.

Implementando benchmarking em seu negócio

O primeiro passo para um benchmarking eficiente é uma fazer uma análise interna minuciosa que entenda os processos internos de sua empresa. Só quando você enxerga como sua empresa funciona que conseguirá identificar o que está sendo feito de diferente nos outros lugares.

O segundo passo é tentar identificar as empresas que estão no topo do ramo. O melhor jeito de entender como a concorrência está se comportando é pesquisando quem está fazendo isso com excelência.

Crie um método de organização de dados. Se você não conseguir colocar em ordem sua pesquisa, está fadado a não enxergar os resultados.

Identifique as práticas da concorrência e tente entender o que pode ser melhorado no cenário geral. Tente perceber o que está perto e longe dessa solução.

Por fim, crie uma projeção futura. Proponha metas e prazos, acompanhe os seus resultados junto com os da concorrência. Compare tudo e mantenha as informações atualizadas.

É lógico que estudar seu concorrente deve lhe dar opções de melhora e adaptações, e você deve estar pronto para isso. E não pare nunca com o benchmarking, a evolução dos outros pode significar novas possibilidades e vantagens.

Estar à frente da concorrência pode significar ter conhecimento do que ela está fazendo e o benchmarking é o caminho mais curto para esse sucesso.

Leave A Response

* Denotes Required Field