Coronavírus e home office: Pontos essenciais para gestão de qualquer empresa

 

Em tempos de coronavírus, o home office se tornou uma das principais estratégias de segurança das empresas em todo o mundo.

Porém, até aqui, a maioria das empresas brasileiras atuou no modelo presencial. É bem difícil ter que mudar essa realidade estabelecida de uma hora para outra!

Como fazer a gestão das pessoas, se comunicar de forma eficiente, manter o fluxo de informações, desenvolver projetos em conjunto e, acima de tudo, preservar a unidade da equipe, sem deixar que profissionais se percam no caminho ou que o negócio se prejudique?

Se você está passando por isso ou já está preocupado em ter que se adaptar, vou te contar algumas estratégicas para que suas reuniões online não se tornem a sala virtual do cafezinho.

Separei algumas dicas que estou aplicando nos projetos que estou desenvolvendo para formatação dessas novas rotinas para meus clientes. Vem comigo

 

ESTABELEÇA TAREFAS E PROCESSOS CLAROS

O “Dono da Bola” é você. Não adianta reclamar da qualidade da entrega do seu time, se você não dedicar algum tempo para criar tarefas e processos claros.

O discurso do “eles já sabem o que fazer” não vai funcionar. Trabalho remoto está longe de ser igual ao presencial. E quem precisa formatar e fazer funcionar é você em primeiro lugar.

 

CHECK AS CONDIÇÕES DE CADA MEMBRO DA EQUIPE

Ninguém estava preparado para a situação atual. E alguns podem ficar desconfortáveis em tomar a iniciativa e compartilhar suas dificuldades.

Dê o primeiro passo e pergunte:

Como está sua adaptação ao Home Office? Tem algo que você considera que poderia te ajudar a melhorar sua adaptação no momento?

 

MONITORE A ADAPTAÇÃO

Pode estar desconfortável para todo mundo e compartilhar dificuldades pode ajudar bastante nesse processo de adaptação.

Se seu objetivo são resultados, acompanhe diariamente.

 

ATENÇÃO E PERIODICIDADE DE SEU ACOMPANHAMENTO

Acompanhar a distância precisa de ajustes na frequência de contatos. Para manter a organização estabeleça no processo pontos de controle pré-determinados.

Por exemplo: Você pode ter pequenas rotinas de compartilhamento de tarefas e objetivos no inicio de cada turno (manhã e após o almoço) e de encerramento do dia.

Mas, não confunda. Esses momentos preestabelecidos não eliminam o fato de que você deve se manter acessível durante todo o expediente.

É trabalho. Não são férias.

 

PRESERVE O AMBIENTE PROFISSIONAL

Cuidado para que suas reuniões e trocas de mensagens não se tornem a “sala virtual do cafezinho!”

A amizade e o papo sobre amenidades devem continuar ocupando momentos de pausa.

 

GARANTA ASSERTIVIDADE

Gastar o tempo de colaboradores com assuntos que não são de interesse de todos pode acabar desestimulando sua equipe.

Se for o caso, dispense quem não precisa continuar na videoconferência e siga apenas com quem estiver envolvido no tema.

Leave A Response

* Denotes Required Field