Descubra como lidar com cliente inadimplente em 7 dias práticas!

É impossível lidar com o crescimento de sua empresa sem ter que encarar os problemas relacionados a um cliente inadimplente. Não tem jeito de fugir, muito menos é possível encarar isso sem o mínimo de cuidado, afinal, você não quer perder o cliente.

O único jeito é conseguir entender o jeito mais eficiente de cobrar quem está devendo, ao mesmo tempo que consegue pegar seu dinheiro e não tem prejuízos. Isso só acontece com algum tipo de estratégia que leve em conta os problemas de ambos os lados.

Tanto sua empresa, quanto seu cliente, ambos querem resolver as dívidas, mas nem só a boa vontade garante que tudo vá dar certo no final. É preciso ter a capacidade de encontrar um bom acordo que se encaixe nas demandas do seu cliente e no caixa de seu negócio.

Sem clientes não há empresa, muito menos lucro (consequentemente futuro ou saúde financeira), mas nem por isso é preciso ignorar as dívidas. O segredo é encontrar um jeito mais aprazível de acabar com as inadimplências.

Dicas para lidar com um cliente inadimplente

1 – Seja organizado

Quanto mais organizado o cadastro de seus clientes e suas datas de pagamentos, mais fácil manter a pontualidade e possibilitar acordos. Do mesmo jeito que fica muito mais simples entender quem paga melhor e merece algumas vantagens.

2 – Facilite

Toda dívida é formada de dois lados, o da empresa e o do inadimplente, mas nunca se esqueça que só um dos dois lados tem o poder de facilitar esse pagamento e, quem sabe, conseguir fazer com que a quitação das dívidas fique mais perto do cliente.

3 – Negocie

Não adianta ser teimoso, escute uma proposta do cliente inadimplente, complemente essa proposta e tente deixar seu cliente à vontade para se esforçar e conseguir pagar a sua dívida.

4 – Nunca deixe sua equipe sozinha

Se você tem uma equipe que lidará com essas dívidas, não deixe nunca que eles ignorem tudo aquilo que você acha que é o melhor jeito de lidar com um cliente inadimplente. Mais importante ainda, treine muito bem cada integrante de sua equipe para saber como lidar com o Código de Defesa do Consumidor e fuja sempre de qualquer tipo de futuro jurídico.

5 – Quem paga em dia deve ter vantagens

Diante de sua organização, será fácil descobrir quem tem problemas de inadimplência, mas sempre tenta pagar as dívidas em dia. Celebre esses bons pagadores com vantagens que podem criar novas oportunidades e uma relação ainda mais próxima.

6 – Tenha lembretes

Muitas vezes o cliente inadimplente está mais para um “cliente esquecido”, portanto, crie um sistema de lembretes automáticos. Quase sempre isso vem com alguma promoção e nova oportunidade, o que faz com que esse lembrete se torne uma cobrança sutil em meio a uma oportunidade.

7 – Nunca deixe de cobrar

Não tenha medo, nem receio, se você fizer com sinceridade e sem ultrapassar os limites de seu cliente, essa cobrança nunca será ofensiva ou criará um conflito. Seu cliente sabe que está devendo, portanto, pode ser cobrado, desde que não seja desrespeitado.

Nunca esqueça que ele ainda é seu cliente e você quer que ele continue comprando seu produto, portanto, quanto mais sutil e confiante você cobrar, mais chances de ele permanecer contigo por muito tempo.

O cliente inadimplente não está feliz!

O importante mesmo é entender que seu cliente pode não estar feliz com a inadimplência, portanto, uma nova oportunidade pode resolver o problema de ambos os lados.

O segredo está na compreensão, em deixar sempre uma porta aberta para que ele tenha a possibilidade de cumprir com seus acordos e pagar a dívida, mesmo diante de um atraso. Quando a empresa entende os problemas do cliente, quase sempre mantêm ele interessado e confiando em sua empresa.

Não adianta ter apenas a dívida. É preciso se prevenir dessa inadimplência, analisar cada caso, conseguir planejar essa nova oportunidade, avisar seu cliente inadimplente e, é claro, negociar, estar aberto.

O crescimento de sua empresa vem sempre com a possibilidade de inadimplência, mas isso não deve nunca ser uma dor de cabeça para ninguém.

Leave A Response

* Denotes Required Field