O que é benchmarking? E pra que serve?

Será que você sabe o que é benchmarking? O nome pode parecer rebuscado, mas é uma técnica bem simples e que todo empresário e negócio deveria seguir e colocar em seus planejamentos. Porque afinal, não basta saber o que é benchmarking. É preciso entender para que ele serve e ainda como usá-lo de modo eficiente.

No bechmarking, sua empresa não acaba na porta de saída. Ele é o resultado de um cenário inteiro de outras empresas que influenciam e inspiram seu negócio. Não adianta achar que você é uma ilha sozinha no mar, mas entender que está bem no meio de arquipélago.

E quanto mais você conhecer a geografia desse local, mais estará à vontade com as necessidades e demandas que o mercado te impõe. Você aprende com quem está ao seu redor e não comete os mesmos erros de quem já testou outras possibilidades.

Estruturar ideias e inovar estão ao seu alcance, literalmente falando, já que o benchmarking te permite encontrar essas soluções na grama mais verde do vizinho.

O que é benchmarking?

A expressão vem a palavra inglesa “benchmark”, que em português significa “referência”. E o melhor jeito de resumir a ideia do benchmarking é justamente isso: criar referências através de que está ao seu redor.

E isso vale para tudo, negócios, produção cultural, esportes, você sempre poderá se comparar a quem já está fazendo aquilo bem. Um misto de inspiração com referência mesmo. Entender o que os outros estão fazendo para conseguir fazer muito melhor.

A comparação com seus concorrentes não quer dizer copiar, mas entender o quanto você está bem ou não diante da concorrência. E não importa o tamanho de sua empresa, benchmarking é uma ferramenta que deverá ser usada por qualquer um que tem algum tipo de concorrência ou mercado.

O benchmarking é um modo de você aprender com o mercado. Juntar sua experiência às experiências de quem está concorrendo com você e não perder a possibilidade de crescer ainda mais em seu ramo.

Quais são os benefícios do benchmarking?

Talvez, o maior benefício do benchmarking é, justamente, o maior entendimento do mercado. Quando você entende o que seus concorrentes estão fazendo, estuda os detalhes de como eles estão se comportando com clientes, redes sociais e demais contatos profissionais. Isso ajudará todos a criar esse mapa do mercado.

O que vem com esse tipo de ferramenta é ainda uma possível melhoria que não para de surgir. Quanto melhor for seu relatório e mais amplamente você conseguir criar esse relatório regularmente, mais sua equipe e os profissionais dentro de seu negócio conseguirão entender as possibilidades e opções que têm em mãos.

Essa pesquisa regular ainda te ajudará a entender as tendências, muitas vezes, antes mesmo delas acontecerem, já que você enxergará os caminhos de seus concorrentes e conseguirá prever alguns planejamentos.

Do mesmo jeito que, quando você enxergar onde seus competidores estão, poderá seguir pelo caminho que eles estão seguindo.

Por isso, esse relatório, essa análise, não pode ser um documento com muitas informações, mas sem ideias e possibilidades. É preciso criar diagnósticos e conclusões, sinais e possíveis mudanças baseadas naquilo que a concorrência está fazendo.

E quanto mais você entender o que o mercado está fazendo, mais conseguirá diminuir erros e entender onde as empresas de seu setor erraram e que obstáculos você deverá pular. Aprendendo com as derrapadas dos concorrentes te faz errar menos e, é claro, reduzir gastos.

Quando você acerta mais, consequentemente, perde menos dinheiro. Aposta em possibilidades acertadas e só vai no caminho que você sabe que não irá te esfregar nos obstáculos e dificuldades.

Ainda que banchmarking pareça ser uma ferramenta complicada, todo mundo já faz instintivamente, já que sempre está prestando atenção na concorrência. Estruturar isso e conseguir empregar esse conhecimento mais amplo através de informação deverá resultar em lucros maiores e a sensação de estar sempre surfando na mesma onda que o mercado está produzindo.

Leave A Response

* Denotes Required Field